Show simple item record

dc.contributores-ES
dc.creatorMonteiro, Marcia Cristina
dc.creatorSoares, Adriana Benevides
dc.date2017-11-15
dc.identifierhttp://revistas.utp.ac.pa/index.php/clabes/article/view/1606
dc.descriptionO ingresso na universidade é uma conquista almejada por muitos estudantes, o que implica em investimento pessoal, material e social. A adaptação acadêmica é um fenômeno multideterminado, haja vista que envolve aspectos pessoais, sociais e afetivos. Supostamente, o aluno que se integra social e academicamente ao contexto universitário não apresenta índices de abandono ou interrupção do curso. Neste sentido, o objetivo geral do estudo é investigar a relação complexa da variável adaptação acadêmica comparando estudantes de instituições de Ensino Superior (IES) públicas e privadas. Participaram 637 estudantes de instituições de Ensino Superior públicas (315) e particulares (322) do estado do Rio de Janeiro (Brasil), de ambos os sexos, idade entre 18 e 38 anos (M=24,7; DP=6,3) de diferentes graduações e períodos. Os instrumentos foram aplicados de forma coletiva em sala de aula e em horário livre dos estudantes. Todos participantes assinaram Termo de Consentimento Livre e Esclarecido e a pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética da Universidade. Os dados foram analisados por meio do teste t de Student e do teste de Cohen. Os resultados apontam que estudantes de instituições públicas se encontram mais engajados do que das IES particulares. Tal fato pode indicar a satisfação de pertencer à instituição de tradição e prestígio na produção de conhecimento, pesquisa e extensão, além do fato de ter sido aprovado em processo seletivo rigoroso. Por outro lado, os estudantes das IES particulares vivenciam o estar na universidade como uma conquista que poderá trazer mudanças imediatas, haja vista que muitos são trabalhadores e almejam utilizar os conhecimentos adquiridos em sala para obter benefícios, como promoções e aumento salarial. Estudos futuros poderiam contar com amostra de estudantes advindos de diferentes regiões do país. Conclui-se que ao compreender os aspectos psicossociais que estão associados ao ajustamento do discente ao Ensino Superior, pode-se consubstanciar projetos que contribuam com a permanência e processo de formação com qualidade do aluno.es-ES
dc.formatapplication/pdf
dc.languagespa
dc.publisherUniversidad Tecnológica de Panamáes-ES
dc.relationhttp://revistas.utp.ac.pa/index.php/clabes/article/view/1606/2343
dc.rightsCopyright (c) 2017 Congresos CLABESes-ES
dc.rightsCopyright (c) 2017 Congresos CLABES
dc.rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccesses
dc.sourceCongresos CLABES; 2017: Congreso CLABES VII, Córdoba, Argentinaes-ES
dc.subjectAdaptação acadêmica, Transição, Abandonoes-ES
dc.titleAdaptação acadêmica: comparação entre estudantes de instituições públicas e privadases-ES
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/article
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/article
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/publishedVersion


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

  • Publicaciones del Congreso Internacional CLABES
    Se muestran las publicaciones de la Conferencia Latinoamericana sobre el ABandono de la Educación Superior, cuyo objetivo fundamental ha sido reunir a profesores, gestores de la educación, autoridades educativas y estudiantes de países de América Latina, preocupados por los aspectos relacionados con la calidad general de la enseñanza y, en particular, con el abandono de los estudios. El evento se configura como un punto de encuentro donde analizar los factores asociados al abandono, sus efectos sobre los individuos y la sociedad, así como definir las posibles iniciativas que se pueden adoptar -en todos los niveles de responsabilidad− para la mejora de los índices de permanencia de los estudiantes.

Show simple item record